O QUE FAZER EM AMSTERDÃ EM APENAS UM DIA?

O centro de Amsterdã não é muito grande, então é possível fazer bastante coisa em uma visita rápida de apenas um dia ou dois. Descubra aqui o que visitar e o que você não pode deixar de fazer se estiver por pouco tempo na cidade.

Damrak. A grande praça e avenida em direção à Estação Central (Amsterdam Centraal), que abriga o antigo prédio da bolsa de valores, (Beurs van Berlage) e alguns outros edifícios históricos que você costuma ver nos cartões postais da Amsterdã.

COMO CHEGAR A DAMRAK
Damrak Amsterdã
Paleis op de dam Amsterdã

Praça Dam e o Palácio Real. É um dos locais mais conhecidos de Amsterdã. É um local muito animado onde sempre ocorrem vários eventos. Não é preciso muito tempo para visitá-la, já que também é localizada no centro de Amsterdã, a não ser que queira visitar também o interior do Palácio Real.

COMO CHEGAR A Praça Dam e o Palácio Real
Herengracht Amsterdã
COMO CHEGAR AOS canais de Amsterdã

Explore os canais de Amsterdã a pé. Em Amsterdã há canais por todos os lados, é impossível andar pela cidade e não ver nenhum. Mas se sua visita for curta, há pelo menos três canais que você tem que visitar: Herengracht, Prinsengracht, Keizersgracht. Todos foram escavados à mão no século XVII. Esses canais são cercados de belas construções históricas, as mais belas casas residenciais de Amsterdã e a tradicional arquitetura holandesa.

Faça um cruzeiro pelo canal. Esta é, sem dúvida, uma atração que você não pode deixar de visitar em Amsterdã. Há cruzeiros curtos, de apenas uma hora, e eles partem várias vezes ao dia. Mesmo explorando a cidade a pé, o passeio de barco mostra uma diferente perspectiva, que ajuda a entender melhor a arquitetura e a história por trás das belas construções da cidade. Os barcos possuem guia com áudio em português. Vale muito a pena.

DICA: Planeje seu passeio com antecedência reservando antecipadamente seu ingresso. Como eu disse, há vários cruzeiros partindo a todo momento. Geralmente são feitos de maneira muito profissional, mas para não ser pego de surpresa e pagar muito por algo que não vale a pena, além de enfrentar filas, é melhor não arriscar.  O GetYourGuide é uma empresa autorizada de venda de ingressos. Lá você encontra 100 opções de cruzeiros, de acordo com o seu orçamento e tempo disponível.

Reserve este e outros passeios clicando aqui.

Passeio de Barco pelos Canais da Cidade
COMO CHEGAR AO cruzeiro pelo canal

Visite o bairro de Jordaan. É um bairro residencial encantador e com uma bela arquitetura.  Ao chegar lá, apenas ande pelas suas ruas estreitas, visite as lojinhas vintage, lojas de antiguidades, os charmosos cafés e belos jardins. Fica mais a oeste, mas ainda sim, bem perto do centro, com a vantagem de ter menos turistas. É um ótimo local para se hospedar em Amsterdã.

COMO CHEGAR AO BAIRRIO DE JORDAAN

Passeio pelo mercado flutuante de flores. O mercado flutuante de flores é obrigatório em Amsterdã. Você pode comprar bolbos de flores, todos os tipos de lembranças ou simplesmente passear. Você não precisa de muito tempo lá, mas é um lugar divertido para visitar e fazer algumas fotos coloridas.

COMO CHEGAR AO mercado flutuante de flores
mercado flutuante de flores
Begijnhof Amsterdã
COMO CHEGAR A BEGIJNHOF

Begijnhof. Para uma experiência realmente autêntica em Amsterdã, você precisa visitar essa pequena vila chamada Begijnhof. Incrustada no agitado centro da cidade, esta área abriga uma igreja, casas históricas e uma das duas casas de madeira originais em Amsterdã. Mas o que é realmente interessante sobre este lugar é a história de suas moradoras, isso mesmo, no feminino. Homens não são bem-vindos. Begijnhof é uma comunidade religiosa de mulheres solteiras mantida pela igreja católica. Estima-se que a origem da comunidade remonte a 1150, quando um grupo de mulheres se uniu para cuidar de doentes e pobres na Holanda. Hoje em dia há no local várias residências destinadas apenas a mulheres católicas solteiras ou viúvas. Há também duas igrejas, uma católica e outra protestante, uma em frente à outra. Claro que turistas do sexo masculino podem visitar o local, mas apenas visitar!

DICA: Durante sua visita ao Begijnhof é importante fazer silêncio para respeitar as moradoras do local. O horário de visitas é das 9:00 às 17:00, e é gratuita. Para aproveitar melhor o passeio, vá ao Begijnhof com um tour gratuito a pé (walking tour), pois a visita é guiada e você vai aprender muito mais sobre a história do local. Clique aqui para mais informações sobre o passeio a pé gratuito.

Museu Van Gogh. O Museu Van Gogh mantém a maior coleção do mundo das obras do pintor holandês Vincent van Gogh (1853-1890). Além das pinturas você também vai encontrar desenhos e cartas, complementadas com a arte de seus contemporâneos. A cada ano, 1,6 milhão de pessoas visitam o Museu Van Gogh, tornando-o um dos 25 museus mais populares do mundo. O museu é muito procurado, e geralmente é bem cheio, portanto considere comprar os ingressos com antecedência.

Van Gogh
COMO CHEGAR AO Museu Van Gogh
Rijksmuseum Amsterdã

Rijksmuseum é um dos mais importantes museus da Holanda. A extensa coleção do museu apresenta pinturas de mestres holandeses como Vermeer, Rembrandt, van Dyck,  Frans Hals e Jan Steen. Há também obras de Frans Post (1612-1680) retratando paisagens brasileiras da época das invasões holandesas no Brasil. O Rijkmuseum também tem em seu acervo esculturas, artefatos arqueológicos, roupas, arte asiática, gravuras e itens da história marítima holandesa.

COMO CHEGAR AO RIJKSMUSEUM

Casa de Anne Frank. Visite a casa onde viveu Anne Frank, no centro de Amsterdã, durante o Holocausto. No período de confinação, Anne Frank escreveu um diário sobre sua rotina no “anexo secreto”, sobre como era viver sempre em silêncio e o medo constante de serem descobertos pelos nazistas. Além de visitar seus aposentos, lá você também encontra seu famoso diário.

COMO CHEGAR A CASA DE ANNA FRANK
Anne Frank Amsterdã
Museumplein Amsterdã

Museumplein. Também conhecido como a praça dos museus. Mesmo que você não tenha tempo para visitar algum museu, de uma voltinha pelo Museumplein. É, sem dúvida, um dos mais visitados pontos turísticos da cidade e onde estão os principais museus de Amsterdã. Principalmente no verão, ocorrem vários eventos e festivais. Também na Museumplein  ficava o famoso letreiro I Amsterdam, retirado do local em dezembro de 2018. Mesmo sem o famosos ponto turístico para selfies, o espaço é ideal para um passeio a pé.

COMO CHEGAR A MUSEUMPLEIN
Heineken_Experience Amsterdã

Heineken Experience. Outra ótima opção é visitar a Heineken Experience, local onde ficava cervejaria mais antiga da Heineken, agora convertida em um museu interativo.

O passeio começa com uma breve introdução feita pelos guias da cervejaria, e logo após você passeia livremente pelo local. No fim do tour, há degustação grátis. Para saber mais sobre a Heineken Experience, clique aqui.

DICA: A Heineken Experience é uma atração muito concorrida, portanto, para ganhar tempo e evitar filas, compre seu ingresso com antecedência. Você pode comprar sua entrada no site autorizado clicando aqui.

COMO CHEGAR AO HEINEKEN EXPERIENCE

Red Light District. O distrito da luz vermelha. Esta é a famosa área de prostituição de Amsterdã. É um labirinto de ruas estreitas coffeshops, sex shops, onde mulheres se apresentam em vitrines. Pode ser visitada rapidamente durante o dia, sem medo de se sentir muito desconfortável. Para uma experiência, digamos, mais nua e crua, faça uma visita à noite, mas não leve crianças. Se preferir, também há opção de uma visita guiada.

DICA: Não fotografe as mulheres nas vitrines. É considerado muito ofensivo. A prostituição é legalizada na Holanda, portanto, trata-se apenas de mulheres exercendo seu trabalho. Além disso, fique bem atento aos seus pertences. O Red Light District é um local de muita aglomeração e pode haver batedores de carteira.

COMO CHEGAR AO Red Light District
Red Light District. O distrito da luz vermelha

[Best_Wordpress_Gallery id=”2″ gal_title=”Amsterda General”]